oceano + conforto + inovação

Como comumente acontece nas construções de shopping centers, reformas fazem parte do seu processo de afirmação no mercado. Com o MAG Shopping, não foi diferente. O resultado, neste caso, é uma linguagem híbrida, que reflete as etapas de ampliação ao longo dos anos. A arquitetura mais ortogonal remonta ao projeto original, com volumetria prismática e linhas modernistas. Mais sinuosa e com nítida alusão ao universo náutico, a lona tencionada que cobre a generosa praça da alimentação voltada para o mar marca a paisagem com expressão inconfundível no cenário urbano. Responsável pela identidade da arquitetura, a forma mais livre da lona contrasta com o entorno dos edifícios geométricos no skyline da orla marítima.

A escolha desta também se justificou pelo seu aspecto transitório, adequando-se à legislação urbanística. Para responder com rapidez, leveza e redução de entulhos durante a execução das obras, estrutura metálica e laje piso steel deck foi a técnica construtiva mais pertinente.

Funcionalmente, a segunda etapa da ampliação correspondeu ao incremento de lojas, incluindo uma âncora, ao aumento nas larguras dos malls, para melhor fluidez dos fluxos dos usuários, e à ampliação na oferta de vagas para estacionamento.